22Junho2024

  
 

Segurança & Defesa

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Rússia completou reequipamento com o Iskander-M

Recentemente, o Ministério da Defesa da Rússia declarou que as formações de mísseis já haviam sido reequipadas com o moderníssimo sistema de mísseis táticos Iskander-M (conhecido na OTAN como SS-26 Stone), apontado como “moderno e único”. Os relatos atuais dos meios de comunicação informam que a arma recebeu significativos melhoramentos para aumentar sua efetividade no campo de batalha. Valery Kashin, vice-CEO da High-Precision Weapons (HPW) Holding e Diretor de Projetos da KBM, que desenvolveu o Iskander M, declarou que Moscou buscaria melhorar sua capacidade de combate, começando pela adição de novos e mais sofisticados mísseis.

O Iskander-M (Foto: HPW) objetiva destruir importantes alvos fortificados, como postos de comando, “hubs” de comunicação, mísseis, artilharia de longo alcance, sistemas de lançadores múltiplos de foguetes e aeronaves no solo, a distâncias de até 500km. Cada sistema possui dois mísseis 9M723K1, de estágio único e combustível sólido, cada um dos quais possui uma cabeça de combate reforçada e é guiado ao longo do voo. Adicionalmente, o sistema pode lançar mísseis de cruzeiro 9K728.

A Rússia emprega o Iskander-M, enquanto o Iskander-E é destinado à exportação. O Iskander-M é produzido em série pela HPW, que também é responsável por uma variedade de armamento inteligente, como o sistema SHORADS Pantsir, mísseis anticarro Kornet e Khrizantema, e outros (Texto: Yuri Laskin).