20Setembro2021



      
   

Segurança & Defesa

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

HeliRussia transcorreu dentro do previsto

A feira e conferência anual HeliRussia foi realizada, como previsto, nos dias 20 a 22 de maio, nos arredores de Moscou. A despeito do fato de que na maioria dos países esse tipo de evento ainda está suspenso devido à pandemia, a feira surpreendeu pela sua escala, com um total de dez mil metros quadrados de área interna e cerca de dois mil metros quadrados de área externa. Os visitantes puderam ver de perto os produtos de fabricantes internacionais de renome, como a Leonardo Helicopters, a Airbus Helicopters, a Robinson e a Bell Textron, sem contar a Russian Helicopters

O evento se tornou uma plataforma importante tanto para helicópteros comerciais quanto militares. Um dos palestrantes foi Dmitry Shugaev, diretor do Federal Service for Military-Technical Cooperation (FSMTC) da Federação Russa. Segundo ele, em 2021 a Rússia planeja fornecer diversos tipos de helicópteros a clientes estrangeiros, num valor superior a US$1 bilhão. “A Rússia oferece no mercado mundial uma linha de helicópteros que cobre todas as principais classes, o que lhe permite atender as necessidades de quase todos os clientes”, acrescentou ele. “Entre eles estão os novos helicópteros de ataque Mi-28NE e Ka-52, vários helicópteros militares de transporte da série Mi-8/17, helicópteros pesados Mi-26, helicópteros de transporte Mi-38, helicópteros leves multipropósito Ka-226 e outras máquinas de alta qualidade”, disse ele. “No momento, a caderneta de encomendas de exportação de helicópteros russos acumula mais de 180 aeronaves, num valor total de aproximadamente US$4 bilhões”, disse Shugaev. Segundo ele, hoje em dia a FSMTC observa um elevado interesse por parte de clientes estrangeiros nos helicópteros fabricados na Federação Russa. “I”, explicou.

O evento mostrou o relacionamento estratégico entre a Rússia e a República da Bielorússia. A principal empresa de projetos e produção de motores, a UEC-Klimov, anunciou que vai realizar reparos de porte médio em motores de helicópteros nas instalações da empresa de manutenção de aeronaves Orsha, na Bielorússia. O acordo entre as empresas foi assinado no primeiro dia do evento por Pavel Sluchak, diretor-geral da Orsha Aircraft Repair Plant (à esquerda, na foto) e Alexander Vatagin, diretor-executivo da UEC-Klimov (à direita). 

De acordo com o documento, a UEC-Klimov fará a transferência de tecnologia, fornecerá equipamento especial, peças de reposição e conjuntos. Além da área para reparos, a Orsha Aircraft Repair Plant fornecerá pessoal para dar suporte ao trabalho. Reparos de porte médio envolvem a restauração do desempenho de motores no caso de panes, antes que se esgotem todos os recursos.

Anteriormente, a UEC-Klimov e a Orsha Aircraft Repair Plant haviam assinado um acordo de cooperação e uma carta de intenções para a implementação de um projeto para organizar um centro de manutenção na base da empresa da Bielorússia.

“É importante para nós prover suporte de alta qualidade para nossos motores em operação, porque a segurança de voo depende disso. Com o auxílio de nossos colegas da Orsha, poderemos cobrir todas as necessidades da República da Bielorússia no campo dos reparos de porte médio de motores de helicópteros, e estabelecer um eficiente sistema de manutenção de motores que garantirá a aeronavegabilidade da frota de helicópteros”, disse Alexander Vatagin.

“Hoje, o primeiro e mais importante passo foi dado. A Klimov, mundialmente famosa, colocou seu nome pela primeira vez no território da República da Bielorússia, indicando sua real presença na produção. Esse projeto mais uma vez confirmará para qualquer cliente que a marca Klimov não significa somente produção e venda de motores, mas também suporte de operadores em todo o mundo ao longo de todo o ciclo de vida, representando a própria eficiência em trabalho e em economia. Estamos muito satisfeitos e felizes que a UEC-Klimov tenha escolhido nossa fábrica como sua parceira”, destacou Pavel Sluchak. Atualmente, Belarus tem mais de 45 helicópteros com motores TV3-117, da UEC-Klimov, mas as instalações da Orsha estarão também envolvidas em reparos e modernização de motores para terceiros.

Baseada no resultado de uma auditoria, mais uma vez a Airbus certificou a UTair Engineering JSC como centro autorizado de manutenção de seus helicópteros na Rússia. A cerimônia de apresentação do certificado teve lugar no primeiro dia do evento. A Airbus também certificou o primeiro distribuidor de seus helicópteros na Rússia, o centro de inovação de aviação executiva Gorka, que agora oferecerá a clientes russo a linha de helicópteros da Airbus: H125 e H130 (monoturbina) e H135 e H145 (biturbina).

Outro negócio internacional foi assinado entre a UTair e a Kazaviaspas, único operador de helicópteros da República do Cazaquistão. O memorando de cooperação objetiva o desenvolvimento de uma parceria a longo prazo. A HeliRussia 2022 acontecerá de 19 a 21 de maio de 2022 (Texto e foto: Yuri Laskin)