20Setembro2021



      
   

Segurança & Defesa

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Edição 142

KC-390: progressos e operação na FAB

Nas edições 132 e 135 de “Segurança & Defesa”, apresentamos artigos sobre o cargueiro multifuncional da Embraer, o KC-390. O primeiro, com o título “KC-390: status do programa”, era um situation report do programa de desenvolvimento da aeronave, então em vias de entrar em serviço na Força Aérea Brasileira (FAB), descrevendo as principais características e sistemas. O segundo, com o título “KC-390: a (r)evolução no transporte aéreo”, descrevia os principais impactos da sua entrada em serviço na FAB e da primeira exportação, para Portugal. Já o presente trabalho atualiza as informações sobre a operação do avião na FAB, bem como analisa os possíveis impactos da recente decisão do Alto Comando da Aeronáutica de renegociar o contrato com a Embraer, reduzindo o número de exemplares e a cadência de entrega.

A ascensão dos obuseiros autopropulsados sobre rodas - Parte 2 (Final)

Os Obuseiros Autopropulsados Sobre Rodas (OAP-SR) vêm aumentando seu footprint em inúmeras forças terrestres, em diferentes pontos do globo. Há fortes razões para isso, e sobre elas já discorremos anteriormente. Assim, para melhor entendimento do texto que se segue, sugerimos primeiramente a leitura da 1ª parte, publicada na edição anterior (141).

As fragatas “Tamandaré” e seus sistemas AAé

Em 28 de março de 2019, a Marinha do Brasil (MB) anunciou que o Consórcio Águas Azuis, formado pelas empresas Thyssenkrupp Marine Systems (TKMS), Embraer Defesa & Segurança e Atech (uma subsidiária do Grupo Embraer) fora selecionado como vencedor da concorrência para quatro navios de escolta da classe “Tamandaré”, àquela altura ainda sendo referidos como corvetas pela MB. O contrato para aquisição dos navios, no valor de R$9,1 bilhões, é o primeiro de grande porte do governo Jair Bolsonaro na área militar, prevendo-se a entrega dos quatro navios entre 2024 e 2028.

E MAIS

S&D Entrevista: Alessandro Tognetti, Export Marketing & Sales Manager do CIO A Nova Postura Militar Japonesa

Mitsubishi F-2: a versão nipônica do F-16  Falcon

Espionagem corporativa

Emprego de FOpEsp em Cenários de Guerra Híbrida


 

O Gripen na arena BVR

O recebimento, pela Força Aérea Brasileira (FAB), do primeiro caça multifuncional Saab F-39E Gripen tem despertado muito debate e interesse. Especificamente na arena ar-ar, as capacidades da aeronave são exponencialmente superiores às do principal caça da força no momento, o F-5EM/FM. O foco desse artigo é exatamente a capacidade do Gripen no moderno combate ar-ar BVR.

Os Porta-Helicópteros Multipropósito na área do Pacífico

Nos últimos anos, vem crescendo o número de Porta-Helicópteros Multipropósito (PHM) construídos/operados por países banhados pelo Oceano Pacífico. O que se segue é um rápido comentário sobre esse tema.

Os Comandos do Exército Português

Entre as tropas especiais do Exército Português estão os Comandos. Forjados nos árduos combates da Guerra de Ultramar, na África, esse grupo seleto está hoje presente praticamente em todos as missões de Portugal em países estrangeiros, sob mandato da Organização das Nações Unidas (ONU). Esta é a sua história e a sua atualidade.

Território não mapeado: ARP para o Brasil

Com tecnologias revolucionárias, como a das Aeronaves Remotamente Pilotadas (ARP), há sempre espaço para novas aplicações potenciais. Essas aeronaves são, em geral, consideradas adequadas para missões militares, mas os modelos da General Atomics Aeronautical Systems, Inc. (GA-ASI) vêm sendo, há muito tempo, empregados no suporte a missões tanto militares como não militares, o que os torna sistemas ideais para as missões aeronáuticas duais, militares e de órgãos públicos, no Brasil.

A ascensão dos obuseiros autopropulsados sobre rodas - 1ª Parte

É indiscutível que os obuseiros autopropulsados sobre rodas (OAP-SR) estão tendo uma presença cada vez mais ponderável em grande parte dos Exércitos do mundo. O artigo que se segue procura mostrar a razão disso, e também dar ao leitor uma visão panorâmica do que diversos países estão fazendo nesse segmento.

E MAIS:

Convair YB-60: o outro bombardeiro de oito motores 

O Brasil e as armas de fogo 

Fuerza de Respuesta Inmediata da PFA