16Janeiro2018

 
  

Segurança & Defesa

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Exército Brasileiro realiza último teste de 2017 da Viatura Blindada de Transporte de Pessoal M113 BR

Neste mês de dezembro de 2017, foi realizado, no Campo de Instrução Coronel Brasilguarany Arruda (CICBA), no município de Quatro Barras (PR), o último teste do corrente ano da Viatura Blindada de Transporte de Pessoal (VBTP) M113 BR, contemplando um lote de 8 (oito) unidades.

Os testes têm início com a rodagem das viaturas desde as instalações do Parque Regional de Manutenção/5 (Pq R Mnt/5), no bairro do Bacacheri, em Curitiba (PR), até o CICBA. Nas instalações do Campo de Instrução, além do deslocamento no terreno, as 8 (oito) VBTP M113 BR modernizadas pelo Pq R Mnt/5 foram verificadas com relação aos parâmetros de pivotamento, estanqueidade, flutuabilidade e navegabilidade. Computando-se os trajetos de ida e volta ao Pq R Mnt/5 durante os testes, as viaturas percorreram cerca de 80 km. O último lote testado marca a finalização de 274 viaturas modernizadas desde o começo do projeto, das quais 258 já foram distribuídas para diversas Organizações Militares do Exército Brasileiro. 

Sobre a modernização das VBTP M113 no Exército Brasileiro

O Projeto de Modernização, da VBTP M113B para a versão M113 BR, teve início em 2012, por meio de acordo internacional, via programa Foreign Military Sales (FMS) entre os Governos do Brasil e dos Estados Unidos da América, com a participação da empresa BAE Systems. A primeira medida adotada pelo Pq R Mnt/5 foi a preparação da linha de produção para que fosse modernizada a viatura protótipo; em seguida, essa viatura seguiu para o Centro de Avaliações do Exército (CAEx), onde foi submetida a diversos testes em concordância com as Normas do Exército Brasileiro (NEB), bem como algumas normas internacionais. Na sequência, produziu-se um lote-piloto, que foi apreciado e aprovado por aquele Centro.

A produção seriada foi efetivamente iniciada em 2013, com a primeira fase, correspondente ao primeiro contrato via FMS, o qual se encerrou em 2015 e foi responsável pela modernização de 150 viaturas. Hoje, está em andamento a segunda fase, relativa ao segundo contrato de mesma natureza, com previsão de encerramento em 2019, contemplando outras 236 viaturas. O possível terceiro contrato ainda se encontra em fase de estudo pelo Estado-Maior do Exército e pelo Comando Logístico.

Nesse processo de modernização, a VBTP M113 BR recebe outro conjunto de força e um reforço na suspensão, além de alterações de sistemas e componentes que permitem suportar a potência adicional de cerca de 90cv, característica técnica desejável para acompanhar a Viatura Blindada de Combate Carro de Combate (VBCCC) Leopard 1A5 BR, em uma Força-Tarefa. O Projeto conta, ainda, com modificações no Sistema de Comunicações, através da adoção do equipamento rádio FALCON III e do Intercom SOTAS.