23Julho2024

  
  

Segurança & Defesa

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Consórcio Miramar (SIATT e BEN) vence seleção para primeira Unidade de Vigilância Costeira do SisGAAz

A Marinha do Brasil anunciou que a proposta do consórcio Miramar, composto pelas empresas SIATT e BEN (Bureau de Engenharia & Negócios), foi selecionada como a melhor oferta para o projeto de obtenção da primeira Unidade de Vigilância (UV) Costeira do SisGAAz – Sistema de Gerenciamento da Amazônia Azul.

Concebido para monitorar e proteger de maneira contínua e integrada a nossa imensa e rica “Amazônia Azul” (águas jurisdicionais do Brasil e áreas internacionais sob sua responsabilidade), o SisGAAz é um programa estratégico da Marinha do Brasil que viabilizará operações de socorro & salvamento e proteção de portos, embarcações, infraestruturas, recursos naturais em face de ameaças, emergências, desastres ambientais, hostilidades ou ilegalidades. Com previsão de expansão para toda a costa brasileira, sua primeira Unidade de Vigilância Costeira será instalada nas proximidades do Farol de Castelhanos, na Ilha Grande, litoral do estado Rio de Janeiro. Ainda em análise pela Marinha do Brasil, há a possibilidade desta seleção viabilizar a instalação de uma segunda UV nas proximidades do Farol Novo de Cabo Frio, também no litoral fluminense.

A Unidade de Vigilância Costeira é uma instalação autônoma e regularmente operada de maneira remota, composta por diversos sensores (radar de vigilância, equipamentos de identificação automática de embarcações, câmeras ótica e infravermelha de alta resolução, etc.), bem como sistemas de comunicação costeira e terrestre, e telemetria. Os dados de vigilância, bem como sinais de telecomando e tele supervisão, são compartilhados via enlace de dados com um centro operacional de vigilância da Marinha do Brasil na cidade do Rio de Janeiro. Para atender ao SisGAAz, a SIATT, uma EED (empresa estratégica de defesa) com reconhecida capacitação na integração de sistemas, armamentos inteligentes, sensores, radares e sistemas de telemetria, uniu-se à BEN, empresa de engenharia multidisciplinar, especializada, e com experiência em prover soluções de infraestrutura terrestre e aquaviária para portos e terminais marítimos ou fluviais (Fotos: SIATT).