23Outubro2021



      
   

Segurança & Defesa

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Rússia estreita laços com a Sérvia no setor de defesa

A Rússia está participando da feira Partner-2021 International Defense Exhibition, que está sendo realizada em Belgrado de 11 a 14 de outubro. O pavilhão nacional russo foi organizado pela Rosoboronexport, a intermediária estatal e subsidiária da Rostec Corporation.

A Sérvia permanece sendo um dos poucos parceiros europeus da Rússia em assuntos militares, sendo um firme usuário de material bélico russo, incluindo aviões de combate MiG-29M, helicópteros da família Mi-8/17 e sistemas autopropulsados antiaéreos Pantsir-S1.

No evento, a Rússia está apresentando uma variedade de armas, que vão desde o sistema de mísseis superfície-ar Viking, um derivado do Buk-M2E, até a ARP de reconhecimento e ataque Orlan-10E, passando por diversos veículos blindados, incluindo a família Armata. A estação de armas remotamente controlada 32V01, de 30mm, da Burevestnik, e o canhão automático de 57mm AU-220M, já foram instalados em blindados sérvios. Os sistemas não letais expostos incluem uma linha de visores termais da Argus-NV e da Dedal-NV, bem como sistemas termais de vigilância de vídeo do Stilsoft Group e da Polyus-ST.

A Rosoboronexport enviou uma delegação de alto nível, comandada pelo CEO da empresa, Alexandre Mikheev, que expressou sua confiança na importância da Partner-2021 para a cooperação técnico-militar bilateral que tem crescido significativamente nos últimos 15 anos. “Atualmente, o volume e diversidade de assuntos referentes à nossa cooperação se destacam no mercado europeu, e a tendência é de crescimento contínuo. Trabalhamos em tópicos relevantes para todos os ramos das Forças Armadas, dentro da estrutura de entrega direta de produtos, parcerias industriais e cooperação, incluindo aqueles que são de interesse de terceiros, bem como da importação de produtos Sérvios pela Rússia”, disse Mikheev.

Coincidência ou não, os exercícios aerotáticos russo-sérvios, envolvendo aeronaves MiG-29, Mi-8 e Mi-35, com o nome de “Bars-2021 (“Leopardo da neve”), serão realizados a partir dos aeroportos sérvios de Batajnica e Ladevci. Os meios aéreos serão tripulados por indivíduos de ambas as nações, para treinar missões conjuntas de combate e de emergência. Foi também divulgada a informação que os futuros exercícios “Slovonic Shield” empregarão o sistema antiaéreo HPW/KBP Pantsir-S1 e forças sérvias de defesa aérea (Texto: Yuri Laskin; foto: cortesia HPW/KBP).