12Dezembro2018

 
     
     

Segurança & Defesa

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Sistema C2 "de bolso" Licorne integra capacidade de enfrentar ameaças assimétricas

O sistema de comando e controle (C2) de defesa aérea "de bolso" Licorne da MBDA tornou-se o primeiro C2 em campo a integrar capacidades de defesa antiaéreos e tradicionais. O Licorne é uma solução C2 muito leve com a capacidade de coordenar sistemas de defesa aérea de curto alcance (VSHORAD), como os da família Mistral. O Licorne é um sistema C2 altamente móvel e é derivado da família de sistemas I-MCP e PCP atualmente em uso com forças armadas nos mercados de exportação, usando os mesmos componentes de software, arquitetura e interfaces homem-máquina (IHM). A fim de oferecer uma resposta eficaz ao surgimento de ameaças assimétricas como ataques de mini-drones a recursos aéreos desdobrados ou outros ativos militares dentro da zona protegida, o Licorne agora também pode implantar medidas anti-drone e coordená-los com os tradicionais recursos de defesa aérea.
Para conseguir isso, a MBDA dotou seu sistema C2 com um conjunto de detectores de enlace de dados e jammers desenvolvidos originalmente para fornecer segurança para eventos ou prisões, que foram adaptados às necessidades militares. Para detecção, o Licorne usa uma unidade de detecção de freqüência de rádio móvel produzida pela Cerbair para interceptar transmissões de enlace de dados de mini-drones. Uma vez que a ameaça foi detectada e localizada, o Licorne permite que os operadores ativem contramedidas usando uma rede de jammers implementados em campo desenvolvidos pela KEAS.
A arquitetura escalável do Licorne é projetada para permitir que o sistema forneça um primeiro nível de coordenação para os sistemas VSHORAD usados ??por forças de reação rápida, unidades aerotransportadas e unidades anfíbias.