20Abril2018

   
  

Segurança & Defesa

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Novidades sobre os ARP da Leonardo

A Leonardo divulgou informações sobre o estado atual do programa do helicóptero remotamente pilotado AWHERO: a aeronave, otimizada para operações terrestres e navais, tais como vigilância de fronteiras, avaliação de danos em situações de catástrofes naturais, inspeção de linhas de transmissão, monitoramento ambiental e vigilância marítima, deverá ser certificado em 2019. Mais dois protótipos estão sendo montados na fábrica da Sistemi Dinamici (pertencente á Leonardo) em Pisa (Itália), e os ensaios de voo continuam. Atualmente estão sendo realizados os testes de voo a baixa velocidade, que serão seguidos pela expansão do envelope de voo; a seguir, os protótipos 3 e 4 iniciarão os ensaios em terra e em voo. O AWHERO terá peso máximo de 205kg e carga útil máxima de 85kg (incluindo combustível), com uma autonomia máxima de seis horas. Entre as cargas poderão estar incluídos radar (como o Leonardo Gabbiano ST Ultra Light), sistemas eletro-óticos, LIDAR e sistemas de comunicação. A empresa informou também que sua Aeronave Remotamente Pilotada Falco (mais de 50 já em operação com cinco clientes) acumulou mais de 15.000 horas de operações de voo. A mais recente variante da família é o Falco EVO, recentemente selecionado por dois clientes no oriente Médio e na região do Golfo Pérsico; essa versão oferece mais de 20 horas de voo, e sua carga útil pode chegar a 100kg (Fotos: Leonardo).


Acima AWHero


Acima Falco EVO