23Outubro2017

 

 

  

 

Segurança & Defesa

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Após apoio ao Haiti durante passagem do furacão Irma, militares começam a retornar ao Brasil

Os militares brasileiros que compõem o 26º Contingente Brasileiro de Força de Paz, responsável por encerrar a participação brasileira na Missão das Nações Unidas para Estabilização no Haiti (MINUSTAH), começaram a retornar ao Brasil no dia 23 de setembro.

Até o dia 28 de setembro, serão, no total, quatro voos, cada um trazendo aproximadamente 200 militares. Um grupo composto por 103 pessoas ficou responsável por enviar ao Brasil os materiais utilizados na missão, como os armamentos e os blindados, e deve permanecer no Haiti até o mês de outubro.

Cerca de 900 militares deste último contingente, integrantes da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e da Força Aérea, atuaram no país caribenho por cinco meses, a fim de garantir a segurança e a estabilidade do Haiti e prestar apoio humanitário, principalmente durante a passagem do Furacão Irma, que assolou o norte do país no começo de setembro.

Ao longo dos 13 anos de missão, aproximadamente 37 mil integrantes das forças Armadas brasileiras participaram da MINUSTAH, considerada, pela Organização das Nações Unidas, uma das missões mais bem-sucedidas de sua história (Fotos: CMSE).