26Maio2019

 
    
    

Segurança & Defesa

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Marinha do Brasil incorpora mais um modelo de embarcação fabricada pela DGS Defense em sua frota

A DGS Defense, empresa brasileira estratégica de Defesa, entregou quarta-feira (27/02) à Marinha do Brasil a terceira embarcação blindada modelo DGS 888 Raptor, que recebeu o nome de “Mangangá”. 

A DGS 888 Raptor vai auxiliar as autoridades policial, alfandegária e ambiental no combate ao narcotráfico, à pirataria e a crimes ambientais na região do Porto de Santos, no litoral de São Paulo.

“A lancha atua contra crimes transfronteiriços [contrabando, exploração sexual, evasão de divisas, crimes ambientais e tráfico de drogas, pessoas, armas e munições] em coordenação com outros órgãos. São ações específicas de zonas de fronteira", explica o Comandante do 8º Distrito Naval, Vice-Almirante Claudio Henrique Mello de Almeida.”.

A embarcação DGS 888 Raptor tem nove metros de comprimento, navega em regiões com profundidade mínima de 50 centímetros podendo atingir mais de 70 km/h. Além de ter capacidade de abrigar cinco militares na cabine, cuja blindagem suporta tiros de fuzil, e pode ser equipada com metralhadoras. 

O Comando escolhido para receber a embarcação foi o Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Sul-Sudeste, sediado em Santos/SP. Segundo o comandante do grupamento, o Capitão de- Fragata Carlos Marden Soares Pereira da Silva, a DGS 888 Raptor tem capacidade de navegação em águas rasas, além de possuir equipamentos de visão termal, radar e sensores que permitem o patrulhamento 24 horas e em qualquer condição de mar, inclusive na região dos fundeadouros [área em mar aberto onde navios aguardam para acessar o cais]. 

A velocidade e facilidade de navegação da lancha desenvolvida pela DGS Defense pode oferecer pronta e rápida resposta, em apoio aos outros órgãos. A embarcação já está em operação no litoral de Santos, SP. 

A DGS 888 RAPTOR é resultado de estudo realizado pela DGS Defence, contando com assessoramento técnico da Marinha do Brasil e do Exército Brasileiro. Ela atende e supera todos os requisitos desejáveis para uma embarcação tática de alto desempenho. Possui alta velocidade e grande autonomia, grande manobrabilidade autonomia; grande manobrabilidade e baixíssimo calado em função de sua propulsão por hidrojato; proa e popa baixas para facilitar o embarque e desembarque em praia ou margens; cabine blindada e grande volume de fogo graças ao pedestal para 7,62 mm no teto da cabine.

A DGS 888 RAPTOR possui operação extremamente básica e simples, facilitando a formação e treinamento de pilotos. Também tem baixo custo de manutenção.