20Outubro2018

   
  
   

Segurança & Defesa

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Lançado livro sobre o GRUMEC

No dia 11 de maio, foi lançado, em concorrida cerimônia no Museu Naval (Rio de Janeiro-RJ) o livro “Guardiões de Netuno: origem e evolução dos Mergulhadores de Combate da Marinha do Brasil. O autor, Rodney Lisboa, é professor universitário, colaborador de “Segurança & Defesa”, editor do blog FOpEsp (Forças de Operações Especiais), sócio correspondente do Instituto de Geografia e História Militar do Brasil (IGHMB) e membro da Associação Brasileira dos Estudos de Defesa (ABED). 

O Mergulho de Combate (MEC) é uma modalidade de guerra não convencional cujas origens se confundem com a gênese da própria guerra. No Brasil, em particular, a atividade MEC (Mergulhador de Combate) foi introduzida na Marinha na década de 1970, como resultado da experiência adquirida por um grupo de militares enviados aos EUA em 1964 na condição de aspirantes ao programa de formação em demolição submarina promovido pela U. S. Navy. Provendo suporte às operações de desembarque anfíbio realizadas pela Esquadra, o MEC superou os sucessivos períodos de instabilidade político-econômica que comprometeram o desenvolvimento da sociedade brasileira na segunda metade do século passado. Utilizando documentos escritos como ponto de partida para a elaboração deste estudo, alicerçando a análise do material coletado em fontes bibliográficas pertinentes, o livro teve por objetivo investigar a série de eventos que balizaram a introdução e o desenvolvimento do MEC na Marinha do Brasil, identificando sua relevância para a Armada e o papel exercido pela unidade em questão entre 1964 e 2018. No intuito de identificar a crescente importância do MEC para o Poder Naval brasileiro e para a política de segurança das águas jurisdicionais brasileiras frente às ameaças estatais e não estatais, a investigação foi desenvolvida de modo a correlacionar a evolução estrutural, técnica e metodológica da atividade MEC no país com os diferentes períodos históricos da sociedade nacional e internacional no período em questão, de modo a compreender o papel assumido pelo MEC diante do novo cenário que colocava o Brasil em condição destacada na comunidade internacional.

A obra é fracionada em três seções distintas: no primeiro capítulo o livro aborda os pressupostos atinentes às Operações Especiais; no segundo, cobre os eventos significativos que balizaram o MEC em âmbito internacional no decorrer dos diferentes períodos históricos; e, no terceiro, narra os 50 anos da atividade MEC no Brasil (1964-2018). A obra dedica-se ainda a apresentar uma cronologia fotográfica com mais de 40 imagens que ilustram momentos distintos de uma das unidades de elite brasileiras mais respeitadas no cenário doméstico e externo.

O livro tem 272 páginas em tamanho 15,5 x 23cm, e pode ser adquirido diretamente do autor por R$91,00 (incluindo postagem); os interessados devem fazer contato pelo e-mail : Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.