26Março2017

   
    

Segurança & Defesa

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

“A Serviço do Generalíssimo”

A C&R Editorial acabou de lançar um novo livro de autoria do pesquisador paulistano Hélio Higuchi, e o assunto é um dos mais inusitados possíveis, o que só aumenta o valor da obra.

Em 204 páginas no formato 16x22,8cm, “A serviço do Generalíssimo” conta a história dos pilotos brasileiros que trabalharam na força aérea daquele pequeno país da América Central durante parte do tempo em que o governo esteve nas mãos do legendário General Rafael Trujillo. O autor deve ser parabenizado pelo fato de ter se aprofundado num tema tão “fora da trilha”, e por ter conseguido trazer à tona as lembranças do único remanescente entre os pilotos brasileiros que serviram ao General Trujillo. Trata-se de um relato fantástico, acompanhado de várias fotos que aumentam mais ainda a credibilidade da obra. Quem gosta de aviões vai ficar fascinado com a história, que envolve aeronaves como T-6, P-51, P-47, P-38, Catalina, Mosquito, Beaufighter, e outros — alguns extremamente raros, como o único NA-44 (um antecessor do conhecido T-6) construído. Quem não se fascinará ao ler sobre os artifícios usados por Trujillo para contornar embargos internacionais e adquirir aviões militares, e as incríveis adaptações feitas (exemplo: instalação metralhadoras .30 no P-51 e no P-38!). E como não se espantar ao ver uma foto em voo tomada a partir de um TB-17 americana, mostrando sua interceptação por três exemplares do Mustang (um P-51D, um P-51C e um F-6K), todos pilotados por brasileiros? Ao final, são apresentados alguns anexos muito interessantes. Entre eles destacamos o que relaciona as armas brasileiras exportadas para a República Dominicana em 1946-1948, e o que lista as aeronaves do Cuerpo de Aviación Militar Dominicano em 1950. A obra pode ser adquirida no site da CR Editorial.